8 de dezembro de 2014

COWSPIRACY: The Sustainability Secret

Hello!♥

Não venho aqui criar controvérsias sobre temas delicados, não venho aqui manipular mentes, nem tão pouco criar conflitos desnecessários sobre temas silenciosos...tenho noção das consequências que pode surgir ao fazer esta publicação, mas como geografa e cidadã deste planeta tenho o dever de falar, porque vi..

Neste fim de semana, mais precisamente sábado, vi no instagram do João Manzarra, uma publicação sobre um documentário que o fez mudar 'radicalmente' os seus hábitos alimentares, intitulado por COWSPIRACY: The sustainability Secret...não resisti e, fui ver também. 




Ao longo da nossa vida escolar, foi-nos ensinado que a destruição do planeta se deve a fatores humanos o que está correto, mas abordam sempre para o mesmo tema: combustíveis fósseis, produção de lixo, luzes demasiadamente acessas, demasiada utilização de transportes privados como o automóvel, o petróleo, os aviões, etc..etc..e incentivam sempre a poupar água em duches rápidos, fechar as torneiras sempre que não se utiliza, usar os transportes coletivos ou a bicicleta e reciclar para um planeta mais ecológico, criar espaços verdes sustentáveis..etc..etc..mas não divulgam um problema muito grave devido ao poder do dinheiro.

As organizações ambientalistas - na qual todos sabem quais são e não vou pronunciar-me sobre elas - sabem perfeitamente qual o fator que leva a uma destruição constante do planeta e não divulgam publicamente porque simplesmente são empresas que precisam de membros que as financie para continuar de pé e portanto, os valores que proclamam e lutam são apenas palavras expressas em cartazes e nada mais do que isso...e, segundo este documentário, a causa principal pela grande destruição do planeta é sem duvida a atividade agro-pecuária & pesca excessiva - produção de animais para alimentação.

"Mas...,ter animais em pastos verdejantes é letal para o planeta? como?

É verdade,  a produção de animais quer ao ar livre quer em cativeiro, ocupam sempre hectares de território, dependendo claro está do produtor e da sua empresa e tipo de criação. Isto provoca um aumento da desflorestação, exploração do solo, escassez da água (porque os milhares de animais em produção consomem muitos litros de água diariamente) e outros riscos como instabilidade social, extinção de espécies e fome mundial.....91% da destruição da Amazônia deve-se para a produção de animais para alimentação - para alimentar países dos EUA, Europa e China, por exemplo. Para não falar, da excrementação e gases que emitem (metano) que é muito mais poluente do que o CO2 que tanto nos preocupamos e tantos protocolos criamos. Na pesca, passa-se exatamente o mesmo, existe uma procura excessiva de especies...pondo em risco a sua existência e a vida oceânica com a destruição de barreiras naturais, habitats e criação de zonas mortas

E, os países que aparecem nas estatísticas com grandes níveis de fome, são aqueles que fornecem o alimento para os animais se alimentarem, morrerem e serem comercializados pela industria pecuária diretamente para os nossos frigoríficos e de todo o mundo, é ainda notório que a produção de animais que existe serve para alimentar o dobro da população mundial existente, em que um milhão morre à fome - "Poderia-se alimentar todas as pessoas do mundo se dessemos uma alimentação adequada, baseada nos alimentos que se dá aos animais para comerem.."

O mundo está a tornar-se num deserto e nós, humanos, somos a principal causa..podemos mudar os nossos comportamentos cívicos com a reciclagem, cuidado com a gestão da água...e, com um cuidado melhor na nossa alimentação..comer menos carne ou não comer de todo produtos de origem animal: leite, ovos e afins..É de loucos pedir isto, eu própria tenho que me adaptar, porque estou a ser um ser letal a este planeta...mas é possível fazer uma alimentação saudável, rica sem alimentos de origem animal...o meu próprio pai é vegan à mais de 30 anos e, é das pessoas mais saudáveis que existe, cheio de força e saúde com os seus 64 anos. Eu, também quero chegar a essa idade cheia de energia, com consciência de que não maltratei o planeta e a vida de milhares de animais...eu também tenho que mudar hábitos.

Não quero aqui obrigar a nada, mas sensibilizar como isto me sensibilizou. Este blog não é só de beleza, moda e afins...é um blog onde temos o dever de partilhar assuntos da máxima seriedade e responsabilidade pelo um mundo melhor.



"Um hambúrguer equivale a 2500 litros de água" 


23 comentários:

  1. Ainda não vi este documentário mas tenho ouvido falar bastante dele. Fiquei ainda mais curiosa depois de ler esta publicação :)

    ResponderEliminar
  2. Apesar de compreender e saber que deveríamos diminuir este hábito de consumir produtos de origem animal. A nossa sociedade e cultura não está preparada para certas mudanças e também por falta de vontade própria eu e muita pessoas se acomodam a isto. Não está correto mas, a verdade é que não mudamos os nossos hábitos maior parte por comodismo.. Irei ver o documentário sem dúvida.

    ResponderEliminar
  3. A verdade é que todos nós sabemos disso e ignoramos querendo "viver bem", como quem diZ.
    É triste como no passar dos anos muita coisa melhorou e acabamos por dizer que hoje em dia temos tudo, nos esquecendo que no futuro vamos dar aos nossos netos e bisnetos uma vida pior do que pensamos que tinham antigamente. Sendo que antigamente a vida tinha outra qualidade muitas vezes sem fazer mal para o nosso planeta.. Estamos constantemente a mudar .. :/ e a destruir os seres vivos e nos tornando pessoas cada vez piores!
    Adorei o post tenho que refletir mais sobre este assunto :/.

    ResponderEliminar
  4. Já ouvi falar sobre esse documentário, mas infelizmente ainda não o vi!

    ResponderEliminar
  5. é por isso que eu há mais de dois meses que tomei a decisão de não comer mais carne..
    como os ovos das galinhas da minha avó porque sei a origem deles, e ainda não deixei o leite porque não encontrei ainda uma alternativa que eu gostasse, mas o meu objetivo é deixar de o consumir também. E não é que não é nada difícil? não tenho saudades nenhumas de comer carne ou peixe.
    e é tão bom ver que o mundo está a abrir os olhos aos bocados e as consciências estão a despertar :)

    ResponderEliminar
  6. Tenho que ver esse documentário!

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  7. Desafiei-te no meu blog a um pequeno questionário se quiseres aceitar :D Um beijinho

    ResponderEliminar
  8. Gostei muito do que falaste aqui.. E apesar de ser um blog d moda edtes tema e outros são sempre bem vindos..
    R. : Comprei meu tlm na semana passada e estou a gostar bastante tinha Samsung gio e era muito pequeno e tinha uma memória interna bastante pequena...na loja estava em dúvida com outro tlm o da Vodafone power e a menina disse k este pela qualidade /preço era melhor! Se és da rede Vodafone podes comprar o teu com mais desconto pelos pontos acumulados de carregamentos e se encomendares pelo clube viva ainda é menos 10euros.. Pelo que tenho usado comparando ao que tinha e superior!
    Beijinhos ;)
    htpp://belezademulheremae.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  9. Querida parece de loucos pedir isso como dizes no post mas ó facto é que não é, porque é tudo uma questão de hábitos! Eu não como carne há uns 5 anos precisamente por causa de documentários como esse e foi difícil no inicio princpalmente porque todos nos dizem que temos que comer e bá blá blá mas é mentira não temos nada que comer aliás somos muito mais saudáveis se não comermos! Adorei o post e toda a gente devia deixar de comer carne, já não vivemos nas cavernas, hoje em dia temos muito mais alternativas, de doidos é continuarmos a comer a carne a tratar os animais como tratamos! Adorei o post :)
    Bj S

    ResponderEliminar
  10. Tenho de ver sem duvida, da que pensar!

    http://loverofthings27.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  11. Adorei essa post, eu sou vegetariana já tem mais de 8 anos e foi a melhor decisão que eu já tomei na minha vida!
    Beijos.
    http://blogheyfashion.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  12. Ainda não vi esse documentário mas é verdade que a produção animal a par de outras tantas indústrias têm a sua quota parte de culta na destruição ambiental...
    beijinhos
    http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  13. Foi através de vários documentários deste genero ( Earthlings, blackfish, Forks over Knives, A carne é fraca, entre outros) que mudei por completo a minha alimentação. Desde janeiro deste ano que deixei de comer carne e estou prestes a deixar o peixe. Partilho muitas receitas vegetarianas no blog! Quando vi o post do Manzarra fiquei muito contente pela decisão dele!

    Portuguese Girl with American Dreams
    http://fromportugaltonyc.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. Não conheço o documentário, mas até certo ponto concordo contigo, não acho que o grande destruidor da natureza seja o homem, porque se prensarem bem desde de sempre que o homem comia carne em excesso, ou achas que os homens das cavernas comiam o quê? :p
    Eu acho que o grande culpado pela destruição do planeta é a própria natureza, ela tem o seu próprio equilibrio e este não deve ser perturbado certo, mas ela também acaba por se acertar sozinha..

    Sinceramente só consigo achar que isto é uma farsa, o aquecimento global é uma farsa, e que é tudo uma quantidade imensa de mamões que querem viver das ajudas do estado e das pessoas que pensam que podem ajudar o mundo.
    Reciclagem, já pensas-te que há gente que é paga para separar o lixo ? então se toda a gente reciclar, aquelas pessoas que fazem a separação do lixo vão perder o trabalho, não?

    Infelizmente eu já não consigo acreditar em nada que veja relativamente ao meio ambiente, porque acho sempre que há um jogo de interesses por trás e que ninguém está verdadeiramente preocupado com o planeta..

    beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Concordo mesmo contigo quando falas das professoras, os professores acabam por ensinar um pouco de acordo como eles são e como infelizmente para esta sociedade tudo o que seja diferente é alvo de criticas, é normal que haja pouca gente que não come carne, mas eu acho que acima de tudo isso são decisões que devem vir de dentro e não influencias externas, não devíamos ter uma família que nos diga que não comer carne é mau, mas sim que nos ensine os prós e os contras de comer, e os professores deviam agir da mesma forma...
    Por exemplo, eu desde muito pequena que não como qualquer tipo de fruta e desde muito pequena que toda a gente 'embirra ' comigo por isso mesmo, inclusive a minha professora da primária tentou obrigar-me várias vezes a comer, e lá está a minha médica de família não vê nada de errado nisso, não como frutas como mais vegetais, como frutos secos e entre outros alimentos que até acabam por conter menos açúcar e outros benefícios para a saúde, tenho 19 anos, sou completamente saudável não tenho qualquer tipo de distúrbio alimentar nem nunca tive nada do género por não comer fruta...É tudo uma questão de mentalidade, e de opinião pessoal, cada qual sabe de si e não vejo mal em ser vegetariano desde que saiba comer correctamente e acho que pais e professores deviam se preocupar mais com isto com o comer correctamente e não com o comer o que acham que é preciso

    ResponderEliminar
  16. Esse documentario é muito bom como estou de ferias vou aproveitar este
    momento e vou assisti é muito bom e proveitoso, postagem maravilhosa.
    tenha uma semana abençoada Curta e siga o meu canal
    https://www.youtube.com/user/NekitaReis

    ResponderEliminar
  17. amei seu post e seu ponto de vista
    bjs

    ** https://www.youtube.com/crisartigosfemininos **

    ** http://crisartigosfemininos.blogspot.com.br/ **

    ResponderEliminar
  18. É um tema realmente importante para o qual, felizmente, há cada vez mais gente a abrir os olhos e a mudar os hábitos. Vou ver o documentário!

    ResponderEliminar
  19. Great job on this post. Happy Wednesday! :)

    xoxo;
    WHATKENNYHEARTS.COM
    Like On Facebook
    Follow On Bloglovin

    ResponderEliminar
  20. tenho esse filme/documentário na minha lista e achei impressionante o impacto que teve no Manzarra! fiquei com ainda mais vontade de ver

    beijinhos *
    blog eighteen and a life

    ResponderEliminar
  21. Confesso que ainda não vi o documentário, mas não me esqueci dele.
    Já tentei reduzir nas carnes vermelhas, mas é difícil quando somos estudantes fora da casa dos pais, onde temos renda e despesas (água,luz,gás), propinas, etc para pagar e não temos rendimentos. Compramos sempre o mais barato, ou seja carne de porco e enlatados.

    Tenho amigos vegetarianos e semi-vegetarianos, o meu objetivo para 2015 é deixar de comer carne e quem sabe peixe. Tem de ser algo gradual e pensado ..

    Gostei bastante do teu post, com "pés e cabeça" :)

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário & obrigada pela visita! ♥
Qualquer dúvida enviem e-mail: morningdreamssp@gmail.com